Consulta Saldo FGTS Caixa

FGTS Consultar Saldo CAIXA

Você é trabalhador e recebe Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)? Quer consultar seu saldo e não somente isso como outros serviços? Saiba como fazer a consulta do saldo do FGTS na CAIXA e também para quem não conhece o FGTS saiba mais sobre o Fundo de Garantia.

consulta-saldo-fgts-caixa

O FGTS foi instituído em 1966 e que é inclusive regido por lei e trata-se de um conjunto de recursos captados do setor privado e que é administrado pela Caixa Econômica Federal. Este fundo tem como finalidade principal amparar os trabalhadores principalmente quando a relação de emprego for encerrada, em caso de doenças graves ou até no caso de catástrofes naturais, mas neste último caso, o GFTS é destinado a investimentos em habitação, saneamento e infraestrutura.

Antes da existência do FGTS existia apenas uma garantia de emprego ao trabalhador a estabilidade decenal e que somente acontecia quando trabalhador completava 10 anos de trabalho em uma empresa e ocasião que se tornava estável. Neste caso, somente poderia encerrar o contrato do trabalhador se fosse por justa causa, mesmo assim após apuração da falta grave por meio de inquérito que verifique que a acusação tem procedência.  No caso dos trabalhadores dispensados antes de completarem o decênio e tivessem no mínimo um ano de serviço recebiam um tipo de indenização que correspondia a 1/12 avos            do valor do salário. Como o valor costumava serem muito elevado, muitas empresas além de dispensarem antes do decênio e muitas empresas não pagavam a indenização e muitos trabalhadores tinham que entrar na justiça. Por isso, foi criado o FGTS que não acabou com o sistema anterior (inicialmente) e sim é uma alternativa ao regime de estabilidade decenal. Para no caso de despensa do trabalhador o empregador deve comunicar isso na carteira de trabalho do empregador e se estes eram ou não optantes do FGTS. Depois, o regime de estabilidade decenal deixou de existir.

Confira também: Consultar Saldo FGTS Pela Internet

No caso de quem deseja consultar o extrato e/ou saldo do FGTS há três formas de fazer isso: através da internet pelo site oficial do FGTS e, caso o trabalhador não tenha senha, pode cadastrar uma no mesmo site; outra forma é através do cartão do cidadão, neste caso, o trabalhador deve se dirigir ao caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal, com o seu cartão de cidadão e selecionar em extrato ou saldo; se também não tenha senha de acesso o trabalhador pode procurar uma casa lotérica ou agência e efetuar cadastro de senha; e também se pode consultar o saldo do FGTS através de requerimento endereçado à Caixa Econômica Federal informando seus dados pessoais, número de inscrição (PIS/PASEP/NIT) e uma copia de documento de identificação e entregar documentação pessoalmente. Mais informação dirija-se a uma agência da Caixa ou entre no site www.caixa.gov.br/fgts.

Como fazer para consultar o saldo do FGTS?

  1. Vamos no passo a passo a seguir.
    Primeiro, acesso o link:

https://servicossociais.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01&produto=FGTS

  1. Após acessar o link, preencha o campo de texto correspondendo ao NIS (PIS/PASEP).
  2. Se for a sua primeira vez consultando online o saldo, clique em “Cadastrar Senha” na parte inferior da página.
  3. Feito isso, uma nova página abrirá, leias as cláusulas e prossiga ao final clicando em “Aceito”.
  4. Agora, você deverá cadastrar alguns dados pessoais no site. Primeiro, insira seu nome, depois o nome da sua mãe, a sua data de nascimento e logo após o seu CPF. Termine clicando no campo ao lado esquerdo da frase “Não sou um robô” para uma verificação de segurança.
  5. Após este passo, você terá que criar uma senha de Login.
  6. Agora basta colocar seu PIS junto da senha que você cadastrou, clicar para confirmar a verificação de segurança e por fim clique em “Ok”.
  7. Nesta tela você estará na tela inicial do site da Caixa. Agora clique em Extrato na coluna correspondente ao FGTS.

Feito isso, carregará todo o seu extrato do FGTS junto com o status do FGTS.Vale lembrar, que seguindo os mesmos passos é possível consultar o FGTS inativo.

Este direito é muito importante para ajudar o empregado após uma possível demissão, já que não é possível a retirada de dinheiro desta conta enquanto se é empregado. Sendo assim, dependendo do tempo em que você trabalhou na empresa, após ser demitido você terá um bom dinheiro guardado para conseguir manter os gastos enquanto procura uma nova oportunidade profissional.

Leia Mais